Notícia

CAPACITASUAS

Secretaria do Estado de Assistência e Desenvolvimento Social
Terça, 28 Março 2017 10:29

Seades e Ufal alinham detalhes para capacitação de 2.700 técnicos em Alagoas

Seades e Ufal alinham detalhes para capacitação de 2.700 técnicos em Alagoas

 

Contrato entre a universidade e o Governo do Estado deve ser assinado no início de março; previsão é de que as aulas comecem em abril

Texto de Petrônio Viana

A reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Valéria Correia, e o secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, estiveram reunidos nesta sexta-feira (10) para alinhar detalhes do processo de capacitação de 2.778 técnicos da Assistência Social em Alagoas, dentro do Programa Nacional de Capacitação do Sistema Único de Assistência Social do Governo Federal, o CapacitaSuas.

A Ufal foi a vencedora do pregão eletrônico realizado em dezembro de 2016 para escolha da instituição de ensino responsável pelo CapacitaSuas.

De acordo com o secretário Fernando Pereira, a assinatura do contrato entre o Governo do Estado e a universidade deve acontecer na primeira quinzena de março, assim como a assinatura do Termo de Compromisso por parte dos municípios alagoanos. “Queremos reunir os prefeitos e secretários para a assinatura do contrato e dos termos de compromisso. O CapacitaSuas será um marco na política de Assistência social em Alagoas e nossa ideia é realizar a aula inaugural já no mês de abril”, explicou o secretário.

Na reunião desta sexta-feira, que contou ainda com as presenças da professora Margarida dos Santos, do curso de Serviço Social da Ufal, e do superintendente de Avaliação e Gestão da Informação da Seades, Rodrigo Araújo, foram abordadas questões como o conteúdo dos cursos estabelecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), a apresentação do calendário de aulas e a mobilização de prefeitos e secretários municiais de Assistência Social para indicação dos técnicos que serão capacitados.

“Os municípios se comprometem a arcar com as despesas de deslocamento e alojamento dos técnicos. A Ufal vai aplicar os cursos e fornecer a alimentação, enquanto a Seades vai acompanhar e fiscalizar a aplicação dos cursos e garantir o cumprimento da carga horária exigida, que é de 40 horas para cada um dos oito cursos que cada técnico terá que concluir”, disse a professora Margarida dos Santos.

Segundo a reitora Valéria Correia, a Ufal deverá realizar a capacitação em três cidades-pólo do Estado: Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia. “É uma satisfação muito grande chegar a esse ponto depois de um planejamento de cinco anos para a realização do CapacitaSuas em Alagoas, um processo que acompanhamos durante todo esse tempo. É uma honra para a Ufal colaborar com a execução do programa, exercendo seu papel de universidade socialmente referenciada”, avaliou a reitora Valéria Correia.

Mídia